domingo, 17 de setembro de 2017

Momento Poesia!


Caminhamos por esta vida sem rumo ou destino. Todos os dias olhamos nos olhos de outras pessoas, passamos por milhões de vidas, são tantas alegrias, tantas tristezas, apenas esperando para serem descobertas... dançamos o ritmo das músicas que a vida toca... continuamos conversando sem ouvir o que nos dizem... e, talvez num desses momentos despercebidos, um perfume toque nossos corações... nos faça puxar pela memória os dias de inocência e alegrias desprendidas... talvez um tropeço pelo caminho, nos faça lembrar como era bom as brincadeiras de criança em que sempre terminava num machucadinho bobo... Mas deixamos o tempo passar... e as folhas acabam secando... elas precisam cair no outono para dar vida à novas experiencias, e mesmo que o sol quente do verão nos maltrate, que o frio do inverno nos faça sentir a solidão dos dias cinzentos, em um determinado momento, as flores chegam para trazer novas cores e perfumes, alegrando os dias, e mesmo que estes dias também cheguem ao fim, as folhas cairão novamente, o calor vai nos fazer suar, o frio vai nos deixar insensiveis, mas as flores irão desabrochar novamente... e os dias continuarão à passar, continuamos correndo sem saber o rumo e o destino, continuamos à passar por mil rostos, mil experiências, mil sentimentos... e assim as folhas secas vão se juntando sob nossos pés, vão criando aos poucos os rastros da vida que foi ficando para trás... do dia de hoje que se tornou historia, e dos sonhos que sonhamos e se transformaram em outros sonhos, porque nem a noite e nem o dia serão iguais...

quinta-feira, 27 de julho de 2017

Momento Poesia!



O que estamos buscando? À cada dia que passa eu olho para trás e tento descobrir o que estou buscando.... vejo tantas coisas que aconteceram, que ficaram para trás e que às vezes são esquecidos que não sei bem ao certo onde quero chegar... sei que passo dias trabalhando por uma sobrevivência que requer muito mais do que as minhas horas, deixo de buscar sonhos por achar que não se encaixam mais no meu destino, bloqueio sentimentos por medo das loucuras do mundo, e acabo simplesmente existindo... assim como um planta ou uma pedra... compondo o quadro cinza da sociedade doente por gadgets e tecnologias que nos deixam cada vez mais alienados e frios... olha só esse pôr do sol? olha só essa lua cheia de verão? quem se importa com essas singelezas da vida? Talvez só percebamos a falta de uma imagem quando não podemos mais enxergá-la... talvez só sentiremos falta do perfume quando não pudermos mais sentir as sensações dos aromas de um café fresco ou de uma flor... só perceberemos o quanto era importante aquela conversa com os amigos, quando não tivermos mais voz... e mesmo percebendo que tudo isso já acontece em nossas vidas diariamente, a gente ainda deixa para viver depois... depois de quê? depois da jornada dura de trabalho? depois da novela ou depois de ver suas redes sociais? eu quero achar o meu caminho de ouro... não quero ser apenas uma sombra de mim mesmo... muitos me taxarão de louco... talvez eu realmente não saiba o que estou buscando... mas, só sei que não quero ser apenas mais um correndo contra o tempo, querendo que os dias passem mais rapido para que eu possa viver apenas 30 dias do ano... quero viver intensamente, e quando eu partir, ser lembrado como alguém que pelo menos tentou viver a vida...

By 
Rick Akio

quarta-feira, 5 de julho de 2017

Momento Poesia!


Às vezes é necessário morrer para poder nascer novamente... às vezes, é das cinzas que conseguimos alçar voos mais altos... nem sempre teremos respostas... nem sempre teremos explicações... mas, do que adiantaria sabermos tudo se ao mesmo tempo não somos nada? Á todo instante buscamos a felicidade... buscamos saciar nossos egos... mas onde encontrar o sentido desta palavra tão imensurável e impalpável? Vivemos na sombra das incertezas... dos nossos medos, das nossas inseguranças... e esquecemos que pode não haver uma segunda chance para tentar, para experimentar... deixamos de ver o azul ou cinza do céu... deixamos de apreciar um pôr do sol ou o perfume de uma flor... simplesmente porque nos disseram que aquele céu é o mesmo dos outros dias, ou que aquela flor não é tão bonita quanta as outras... mas quem tem o direito de dizer o que é melhor ou mais bonito? Se todos tivessemos a consciência de que todas essas ilusões não nos servem para nada e que só nos fazem perder tempo com preocupações tão pequenas, talvez não nos deixariamos levar pela abundância de hipocrisia e talvez não existisse tanta audiência para o medo e para o sensacionalismo... Hoje quero fazer um convite... quero te convidar à morrer... ou melhor à matar! à matar os pré conceitos sobre felicidade, os pré conceitos sobre o que é beleza ou o que é felicidade! e que tal sentir em vez de possuir? que tal tentar do que apenas idealizar? talvez matar o medo e o mau humor... fazer nascer um sorriso... fazer nascer uma nova canção... transformar os sentimentos negativos em flores... não estou propondo uma revolução mundial, mas sim, plantar uma pequena semente para o seu jardim interno... e que todos os dias você mate um pouco do seu antigo ser e faça nascer flores no lugar da tristeza, do medo e do ódio... 
By Rick Akio

sábado, 1 de julho de 2017

Apresentação no 21º Sakura Matsuri Bunkyos em São Roque(SP)


Olá amigos! Segue 03 videos postados pelo canal 8Shinji no youtube! Agradeço o carinho e apoio na divulgação dos artistas da colônia japonesa! Confiram os videos de muitos outros eventos e diversos cantores da colônia no canal: https://www.youtube.com/user/8shinji7898/videos

Domo Arigatou Gozaimasu!



Apresentação no 21º Sakura Matsuri Bunkyos em São Roque(SP)


Realizado nos dias 1 e 2 de julho, no Centro Esportivo Kokushikan Daigaku, em São Roque (SP), pelo Instituto Brasil-Japão de Integração Cultural e Social, a 21ª edição do Sakura Matsuri (Festival das Cerejeiras Bunkyos) confirmou a expectativa de público. De acordo com estimativas dos organizadores, apesar do frio intenso e da fina garoa do domingo, mais de 20 mil pessoas passaram pelo local nos dois dias de programação. O cálculo foi baseado na venda de tíquetes do estacionamento. No sábado, foram cerca de 2.200 e no domingo esse número praticamente dobrou. Outro dado foi a quantidade de ônibus de excursão. Somente do Bunkyo foram 10 ônibus fretados nos dois dias. Para a Comissão Organizadora, uma das constatações é que o Festival das Cerejeiras passou a fazer parte da rota turística de São Roque, em especial a do Vinho.
Com coordenação do Bunkyo – Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social –, Associação Cultural e Esportiva Vargem Grande Paulista, Associação Cultural de Mairinque, Associação Mallet Golf Kokushikan e Cotia Seinem Renraku Kyoguikai o evento deste ano contou com algumas novidades, como a volta do trenzinho – uma parceria com a Vinícola Góes, Agro Kayama e entidades coordenadoras.

Além de contemplar a beleza dos cerca de 400 pés de cerejeiras – a maioria da variedade Okinawa – os visitantes puderam conferir também atrações e shows culturais com grupos de dança e cantores como Ricardo Nakase, Joe Hirata e Mariko Nakahira. A praça praça de alimentação também foi ampliada e o público ganhou como opção os food trucks. Outra novidade foi a Ciranda Cultural, com diversas oficinas culturais e os banheiros químicos.

Fonte: http://www.portalnikkei.com.br/sao-roque-apesar-do-frio-festival-das-cerejeiras-bunkyos-confirma-expectativa-dos-organizadores/

Eu, Ricardo Nakase, tive a grande alegria de me apresentar neste evento no dia 01/07. Com participação especial do grupo de dança Hanabi Soran de Mogi das Cruzes sob coordenação da professora Andrea Toledo, recebi com grande alegria as energias positivas deste publico que lotou o Centro Esportivo Kokushikan Daigaku, em São Roque. Quero deixar os meus agradecimentos á comissão organizadora pelo convite e também parabenizá-los pelo grande sucesso deste belissimo evento! 





  

Com os integrantes do Kiendaiko de São Bernardo do Campo. 



Com o Hanabi Soran. 


 Com o grande amigo Jorge Suzuki, coordenador artistico e um dos voluntários mais importantes dos eventos da colônia japonesa. 

domingo, 25 de junho de 2017

Apresentação na 10ª Festa da Cultura Japonesa de Sumaré(SP)


Olá amigos! No último dia 26 de junho tive a grande alegria de me apresentar na 10ª Festa da Cultura Japonesa da Cidade Sumaré no inteiro paulista. Foi com grande alegria e muita energia positiva de todos que fizemos o encerramento deste belissimo evento que foi um grande sucesso! Com participação mais do que especial do grupo de dança Sumaré Komadori Dansu, encerramos o evento com um delicioso bon odori e contamos também com a participação especial do grande cantor Sergio Tanikawa! Quero deixar registrado os meus agradecimentos à comissão organizadora pelo convite e parabenizá-los pelo grande sucesso deste evento!




Junto do Sumare Komadori Dansu

Foto Comissão Organizadora.


sábado, 24 de junho de 2017

Apresentação na 36ª Festa da Imigração Japonesa de São Bernardo(SP)


Olá amigos! Segue 03 videos postados pelo canal 8Shinji no youtube! Agradeço o carinho e apoio na divulgação dos artistas da colônia japonesa! Confiram os videos de muitos outros eventos e diversos cantores da colônia no canal: https://www.youtube.com/user/8shinji7898/videos

Domo Arigatou Gozaimasu!





Apresentação na 36ª Festa da Imigração Japonesa de São Bernardo(SP)


Nos proximos dias 24 e 25 de junho aconteceu nas dependências do CENFORPE, a 36ª Festa da Imigração Japonesa da cidade de São Bernardo do Campo. Com ampla praça de alimentação com o melhor da culinaria oriental e diversos bazaristas, este evento se consolida como um dos maiores eventos orientais do Grande ABC. Com programação variada, o evento trouxe muitas atrações que representam a cultura japonesa com grandes nomes da colônia japonesa. As apresentações de Taiko (tambores japoneses) impressionou o publico pela grandesa e diversidade de ritmos. Realmente foi um belissimo evento!
Com área cultural que abrangeu diversas modalides das artes orientais, contou com oficinas de shodo (caligrafia japonesa), origami, entre muios outros. O mesanino do CENFORPE abrigou uma belissima exposição de ikebana que fez contraste com a bela vista da parede de vidro que circunda o predio. 

Eu, Ricardo Nakase, tive o grande prazer de me apresentar no dia 24 de junho. Com um público lotado, a participação e interação foi o que mais me alegrou. 

Quero deixar registrado os meus agradecimentos à comissão organizadora pelo convite e parabeniza-los pelo grande sucesso do evento! 

  









sábado, 17 de junho de 2017

Apresentação na 19ª Festa da Imigração Japonesa de Limeira(SP)


 No dia 17/06 tive a grande alegria de me apresentar pela primeira vez na Festa da Imigração Japonesa de Limeira. O evento chega à sua 19º edição com grande publico que movimentou a cidade de Limeira entre os dias 10 e 11 de junho. Neste evento contei com uma apresentação muito especial junto do Grupo Mitsuba de Campinas liderado pela cantora, professora e apresentadora Angelaisa Gote, que me acompanhou na música Tokyo Gorin Ondo em homenagem às Olimpiadas de Tokyo 2020.

Quero deixar registrado os meus agradecimentos à comissão organizadora pelo convite e à Zilda Tukamoto e parabenizá-los pelo sucesso do evento!









domingo, 11 de junho de 2017

Apresentação no 08º Japan Matsuri de Osasco(SP)


Um evento que reúne o melhor da gastronomia Japonesa e Ocidental. Além das mais variadas atrações como: workshops, exposições, bazares e um incrível show de fogos que marcaram presença nessa 8ª edição do Festival de Cultura Japonesa!

O evento contou com uma extensa área gastronômica com: udon, yakissoba, gyoza, obentô, espetos, sucos naturais, doces finos, milho verde, pastel,doces portugueses, chips de banana e por aí vai... Com um total de 25 barracas gastronômicas em que os visitantes desfrutaram de uma variedade enorme do melhor da culinaria internacional. O evento também contou com transporte gratuito que partiu de vários locais da cidade de Osasco e que levou maior conforto aos visitantes. 

Na área artistico/cultural, o evento apresentou atrações dos mais variados estilos, com ênfase na cultura japonesa com grandes nomes como Karen Ito, Joe Hirata, Kaori Kanegawa entre muitos outros. 

Eu, Ricardo Nakase, tive a alegria de me apresentar no domingo, dia 11/06 com um repertório bem variado. 

Quero deixar os meus agradecimentos à comissão organizadora pelo convite de poder estar em mais uma edição deste grande evento e parabenizá los pelo grande sucesso alcançado.