segunda-feira, 24 de abril de 2017

Momento Poesia!


No balanço dos dias, a vida segue como um barquinho no mar... quando o vento sopra, ganha velocidade e desbarava novos horizontes, quando o marasmo chega, é o momento de meditar e reparar os danos da viagem, e quando chega a tempestade, a missão é sobreviver em meio ao mar revolto... e assim continuamos à nadar contra à correnteza... querendo mudar os rumos dos ventos, enfrentando as ondas com toda a força... E assim continuamos os dias... assim como a árvore que floresce na primavera, mesmo tendo perdido suas folhas no outono, mesmo tendo sofrido as agressões do inverno, mesmo que o calor do verão tenha consumido suas forças pela sobrevivência... e continuamos caminhando... caminhando sem rumo... sem parar para respirar o perfume das flores que duram apenas alguns dias... para sentir a brisa do mar que nunca mais voltará... são tantos pequenos momentos que podem transformar uma vida em grandes historias, mas que devido às obrigações do dia-à-dia deixamos para trás... deixamos como as folhas secas que se perderam no outono... por quê nos esquecemos de viver? por quê deixamos a vida passar como se não fosse nossa responsabilidade? onde foi que deixamos as cores de nossos dias? será que se perdeu em meio à imensidão do mar? ou se perdeu em maio às folhas caídas no chão do passado? apesar de tudo, ainda acredito que as sementes que estão plantadas nos corações só estão esperando o momento certo para germinarem e florescerem para mostrar as nossas verdadeiras belezas, a beleza da alma...
Bye Rick Akio

sexta-feira, 21 de abril de 2017

Video da Apresentação no XX Grand Kouhaku Utagasen do Grupo The Friends (SP) !



Apresentação no XX Gran Kouhaku do Grupo The Friends que aconteceu no grande auditorio do Bunkyo de São Paulo no dia 18 de dezembro de 2016. Contei também com participação especial do Hanabi Soran de Mogi das Cruzes, Grupo de dança das Senhoras da Academia Corpus Line de Mogi das Cruzes junto do Grupo de Dança de São Miguel Paulista, do Kiendaiko de São Bernardo do Campo e do grupo de dança do Shinsei ACAL da Liberdade.

*Video filmado pelo canal 8shinji7898

domingo, 16 de abril de 2017

Brincando de Cantar! Ricardo Nakase - You Were Always On My Mind + My Girl+ Pretty Woman+ I Started A Joke



Ensaio para o show especial de 30 anos do Rotary Clube da Saúde(SP)!!! Brincando de cantar um medley com alguns classicos dos anos 70... You Were Always On My Mind, My Girl, Pretty Woman e I Started a Joke...

sábado, 25 de março de 2017

Brincando de Cantar! Ricardo Nakase - Wherever You Will Go (The Calling)


Olá amigos! Hoje vou brincar de cantar a música "Wherever You Will Go" do The Calling. Esta canção me acompanha há muito tempo e foi umas das primeiras músicas internacionais que aprendi cantar. Esta música foi minha trilha sonora em alguns momentos marcantes da minha vida... Espero que gostem!

Wherever You Will Go
(Onde Quer Que Você Vá)

Ultimamente, tenho pensado
Quem irá ocupar meu lugar?
Quando eu me for, você precisará de amor
Para iluminar as sombras no teu rosto
Se uma grande onda cair
E cair sobre todos nós
Então, entre a areia e a pedra
Você conseguiria se virar sozinha?

Se eu pudesse, então eu iria
Eu vou para onde quer que você vá
Bem lá em cima ou lá embaixo
Eu vou para onde quer que você vá

E talvez eu descubra
Um modo de conseguir voltar algum dia
Para te vigiar, para te guiar
Nos seus dias mais negros
Se uma grande onda cair
E cair sobre todos nós
Então eu espero que haja alguém lá
Que possa me trazer de volta para você

Se eu pudesse, então eu iria
Eu vou para onde quer que você vá
Bem lá em cima ou lá embaixo
Eu vou para onde quer que você vá

Fuja com o meu coração
Fuja com a minha esperança
Fuja com o meu amor

Só agora eu sei o quanto
A minha vida e o meu amor precisam permanecer
No seu coração e na sua mente
Eu estarei com você por todo o tempo

Se eu pudesse, então eu iria
Eu vou para onde quer que você vá
Bem lá em cima ou lá embaixo
Eu vou para onde quer que você vá

Se eu pudesse voltar no tempo
Eu vou aonde quer que você vá
Se eu pudesse fazer com que você fosse minha
Eu vou aonde quer que você vá
Eu vou aonde quer que você vá

quarta-feira, 22 de março de 2017

Momento Poesia!



Um dia... um momento... um segundo... a vida se fragmenta em diversos prismas... são tantos ângulos de um mesmo sentimento que nos deixa à mercê da loucura... ou será sanidade? Quando imaginamos desvendar os olhos das ilusões, tudo se embaralha novamente para nos provar nossa pequenês diante do universo... O que vale mais? Uma vida de buscas incansaveis que se perdem diante de tantos objetivos ou o prazer de conquistar um momento de paz? Muitos dizem que existem diversos caminhos à seguir, mas eu não acredito nisso... existe apenas o caminho que você escolheu seguir, o resto são apenas suposições do que poderia ter acontecido... Talvez a vida seja como uma pequena flor que precisa se despedaçar em muitas pequenas sementes para poder encher um jardim..., mas será que isso não é doloroso à flor? talvez ela não veja suas sementes desabrocharem, mas ela tem a certeza de ter feito o seu melhor... E mesmo quando a vida sopra na direção oposta de tudo, o imprevisivel nos alcança e nos remete aos nossos medos, às nossas forças e fraquezas... mas o quê define até onde devemos lutar? Muitas vezes me pergunto até onde devo ir? o quê é plausivel suportar antes de mudar de rota? infelizmente não nascemos com um guia de como viver... e entre os erros, entre as lágrimas e os sorrisos, vamos seguindo sem saber até onde... e assim os dias passam, os anos passam, e construimos nossos muros, nossas pontes... e a nossa imagem, assim como uma pintura qualquer que ficará guardada num canto qualquer de uma casa... 
By Rick Akio

sábado, 18 de março de 2017

Brincando de Cantar! Ricardo Nakase - Toki no Nagare ni Mi wo Makase(Teresa Teng)


Olá amigos! Hoje vou brincar de cantar o maior sucesso da cantora Teresa Teng, a canção "Toki no Nagare ni Mi wo Makase". Esta é uma canção romântica que diz nas entrelinhas que somente o tempo nos mostra o amor. Me desculpem as falhas, mas devido à sinusite e ao resfriado a voz está oscilando um pouco...

Toki no Nagare ni Miwo Makase
(Coloco minha vida na correnteza do tempo)

Se eu não tivesse te encontrado
O que será que eu estaria fazendo hoje?
Teria uma vida monótona, amaria alguém...
E teria uma vida comum?
Coloco minha vida na correnteza do tempo
Quero me tingir com a sua cor
Minha única vida
Nem me importo em deixá-la de lado
Por isso te peço, fique perto de mim
Agora é só você que amo

Se voce passar a me odiar
O dia de amanhã
Não mais existirá
Não quero nenhuma promessa, mas
Não posso viver somente de lembranças...
Coloco minha vida na correnteza do tempo
E te abraço..
E só pelo fato de ter ficado atraente
Já não me importo em continuar vivendo...
Por isso te peço, fique perto de mim
Agora não consigo ver ninguém a não ser você

Coloco minha vida na correnteza do tempo
Quero me tingir com a sua cor
Minha única vida
Nem me importo em deixá-la de lado
Por isso te peço, fique perto de mim
Agora é só você que amo

quinta-feira, 2 de março de 2017

Momento Poesia!



Em busca de novos horizontes, iniciei minha caminhada... Não imaginava o que encontraria... Não sabia por onde seguir... Fui trilhando seguindo as estrelas, mas mal sabia que em meio às luzes do céu, haviam vaga-lumes para me confundir... Fui andando sem parar, fui buscando algo que nem mesmo eu sabia ao certo o que era... Cada pessoa que eu encontrava em meu caminho me dizia que a busca era por "isso" ou "aquilo", mas percebi que elas também não sabiam o que procuravam... Continuei caminhando... Vi flores, vi chuva, vi sorrisos, vi lágrimas... Enxerguei além do que deveria, tentei enxergar além da verdade... Mas em um determinado momento minhas pernas se cansaram... Meus olhos ficaram pesados assim como toda a bagagem que eu havia trazido comigo durante a minha jornada sem destino... Tive que parar, me sentar num canto qualquer... Não conseguia mais seguir... Todas as paisagens pareciam iguais... Todos os dias tinham as mesmas cores... Tudo começou à ficar desbotado... Pra onde foi a coragem do início da caminhada? Pra onde foi todas as esperanças, as alegrias das novas experiências? Percebi que estava caminhando sem saber para onde... Estava seguindo os mesmos passos de tantas outras pessoas que também estavam perdidas... Mas, depois de tanto caminhar, percebi que preciso escolher uma única estrela pra seguir... É impossível querer seguir todas ao mesmo tempo... mas como escolher? Mas como ter certeza de que é a estrela certa? Nunca terei esta resposta... Porque a verdadeira estrela estava o tempo todo dentro de mim... Dentro do meu coração... Agora só preciso renovar meus sapatos, respirar fundo e abrir o meu peito para que esta estrela que ser encontra adormecida recomeçar à brilhar! 
 By Rick Akio

sábado, 25 de fevereiro de 2017

Brincando de Cantar! Ricardo Nakase - Owarinaki Tabi (Misora Hibari)


Olá amigos! Hoje vou brincar de cantar uma música que particularmente gosto muito apesar de ser triste. É canção “Owarinaki Tabi” da cantora Misora Hibari. Este foi uma das últimas canções que ela gravou antes de seu falecimento em 1989. Como uma forma de agradecimento aos fãs, esta canção tem uma mensagem muito bonita em sua tradução. Esta canção foi interpretada pela cantora no seu último show chamado “Fushicho”, que ocorreu no Estadio Tokyo Domo. É um grande desafio cantar uma canção da rainha da música enka, mas hoje quero especialmente enviar esta linda mensagem à todos os meus amigos. Me perdoem as falhas, mas canto esta canção de coração à todos vocês. 

Owarinaki Tabi (Misora Hibari)
Viagem Eterna

Uma vez desperto eu estava deitado
Caminhava cansado e ferido 
Parece ter adormecido por um longo tempo
Mas a vida voltou para mim novamente
Muito Obrigado! Graças às pessoas que cuidaram de mim
E à todos que me deram abrigo
Agora eu me renovo

Eu abraço esta viagem dolorosa que me fere
E mesmo assim eu continuo à cantar com um sorriso em meu rosto
Mesmo sendo doloroso, mesmo sendo triste
Eternamente nesta viagem continuarei à cantar

Nos meus sonhos Deus sempre aparece
Para sempre me falar sobre o amor
E que mesmo as difíceis provações sempre vencerei
E assim a coragem em minha vida volta à cada passo
Muito Obrigado! À todos que me encorajam 
Às pessoas que me deram um copo de água
Agora eu me renovo

Agora sigo esta viagem sozinho enfrente
E mesmo assim eu continuo à cantar com a minha voz
Mesmo sendo doloroso, mesmo sendo triste
Eternamente nesta viagem continuarei à cantar