www.ricardonakase.com.br

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

Momento Poesia!



O que é uma vida? o que é viver? são tantas perguntas.... são tantas dúvidas... e mais um dia se passa... muitas pessoas correndo de um lado para o outro... muitos julgamentos, muitas nomenclaturas, muito tempo perdido... e para quê? vejo tantas pessoas que julgam os outros, que condenam, que exigem... mas que na verdade não sabem nem ao menos para onde estão indo... será que não seria mais simples viver o hoje? Sei que não sou a pessoa mais indicada para dizer isso... a única coisa que sei é que sou um pequeno aprendiz... tentando fazer o meu melhor... sou uma pessoa como qualquer outra... com altos e baixos, com alegrias e tristezas... com segredos e medos... mas não deixo de ser eu mesmo... e por quê? porque pode ser que não haja tempo para refazer os passos... porque as pegadas que deixamos pelo caminho, são como as pegadas deixadas na areia... que o mar engole sem piedade... e é por isso que hoje danço conforme as estrelas... brilho quando devo brilhar, oriento quem precisar, e me apago quando é necessário... talvez muitas pessoas me achem louco, talvez muitos não me entendam... mas talvez seja isso que dê uma cor à mais às nossas vidas... mas nem por isso deixarei de viver intensamente cada passo da minha dança... mesmo que seja uma dança na calda de uma estrela cadente... mesmo que seja uma dança solitária... é assim que vou respondendo as minha sperguntas.... uma à uma... aprendendo à esperar... aprendendo que nem tudo está sob nosso controle... aprendendo dia após dia, que cada estrela brilha no momento certo...

By Rick Akio

sexta-feira, 5 de agosto de 2016

Homenagem às Olimpiadas do Rio 2016!

Olá amigos!! 

Apesar de todo cenário que vemos ultimamente, eu acredito que o Brasil possa melhorar!! Podem me chamar de louco, mas eu ainda acredito que existam pessoas que querem fazer coisas boas, querem desejar sentimentos positivos! E esta abertura das Olimpiadas está mostrando que quando o brasileiro quer, ele faz direito!

Esta é a minha singela homenagem e desejo de que seja apenas o inicio de muitas coisas boas! E sempre com muitas energias positivas! No fim tudo dá certo né! rsrsrsrs

Espero que gostem!

segunda-feira, 1 de agosto de 2016

Ricardo Nakase - Agenda de Apresentações em Agosto de 2016!


Olá amigos! Confiram a agenda de apresentações que farei em agosto de 2016! Serão diversos eventos da colônia japonesa com muita musica, culinária e atrações! Te espero lá! 

06/08Okinawa Fest (Vila Carrão - SP) (13:15h)
06/08Festival das Nações de Jacareí (SP) (17:20h)

07/08Sakura Matsuri PQ do Carmo (SP) (14:40h)

13/08Sakura Matsuri Campos do Jordão (15:00h)

14/08Dia dos Pais Kaikan Okinawa do Carandiru (SP) (Banda Uchiná) (18:00h)

20/08Tosa Matsuri (Parque da Àgua Branca - SP) (13:30h)

21/08 – Tosa Matsuri (Parque da Àgua Branca - SP) (Banda Uchiná) (18:00h)
21/08Bazar do Ikoi no Sono(Guarulhos - SP) (11:30h)

28/08Sakura Matsuri do Mizuho (São Bernardo do Campo) (12:30h)

28/08Nipon Fest (Arujá - SP) (16:30h)

*Horários de apresentação sujeito à alterações

sábado, 23 de julho de 2016

Brincando de Cantar! Ricardo Nakase - A Miragem (Marcus Viana)



Olá amigos! Hj vou brincar com uma música super romântica e poética! Hj vou brincar com a música A Miragem do cantor e compositor Marcus Viana, Tema da novela O Clone. Particularmente esta música fez parte da minha vida... Tenho ela como tema de uma fase da minha vida...

Ah! Se pudéssemos contar
As voltas que a vida dá
Prá que a gente possa
Encontrar um grande amor

É como se pudéssemos contar
Todas estrelas do céu
Os grãos de areia desse mar
Ainda assim

Pobre coração
O dos apaixonados
Que cruzam o deserto
Em busca de um oásis em flor
Arriscando tudo por
Uma miragem
Pois sabem que há uma fonte
Oculta nas areias

Bem aventurados
Os que dela bebem
Porque para sempre
Serão consolados

Somente por amor
A gente põe a mão
No fogo da paixão
E deixa se queimar
Somente por amor

Movemos terra e céus
Rasgando sete véus
Saltamos do abismo
Sem olhar prá trás
Somente por amor
E a vida se refaz

segunda-feira, 18 de julho de 2016

Momento Poesia!



Olhando para o céu, vejo estrelas... estrelas que piscam pra mim, que iluminam todas as pessoas... para cada um, eles possuem um significado diferente... talvez de dor, talvez de alegria, talvez de saude, talvez de magia... Olhando para o céu lembro das noites frias, em que compartilhei momentos com pessoas que hoje não estão mais ao meu lado, ou por que buscaram novos desafios ou por que se juntaram à estrelas... Hoje olhando para o céu, tento achar a minha estrela guia.... tento escolher uma delas para seguir.... mas enfim, até mesmo as estrelas se apagam um dia... Olhando para o céu, sinto o frio das tristezas, a coragem dos desafios... sinto a luz das alegrias que passam como estrelas cadentes em minha vida... Olhando para o céu tenho muito à agradecer.... por ter tantas outras estrelas ao meu lado.... que me ajudam à formar as constelações da minha vida... Olhando para o céu, peço que a paz da imensidão tome conta do meu ser... traga o equilibrio à minha alma e que eu possa iluminar muitas outras vidas... Olhando para o céu, hoje, nesta noite fria, sinto que muitas outras pessoas também estão olhando para as estrelas e fazendo seus pedidos, estão depositando suas esperanças em pequenas caixinhas seladas por lágrimas derramadas em cada vitoria ou em cada ferida.... que se tornaram gotas de luz em um dia... Olhando para o céu... simplesmente sou eu... simplesmente sinto, simplesmente existo... e coloco no rastro de uma estrela cadente os meus pedidos, plantandoa s esperanças e os sonhos embalados e entorpecidos... buscando a coragem para seguir cada um dos meus dias... 
By Rick Akio

segunda-feira, 11 de julho de 2016

Apresentação no XII Tanabata Matsuri do Bunka Santo André (SP)


No dia 09/07 tive a alegria de me apresentar em mais uma edição do Tabata Matsuri do Bunka Santo André. Já há 04 edições tenho me apresentado neste belissimo evento da cidade de Santo André, onde o publico pode apreciar um pouco da cultura japonesa e da culinária. O yakissoba do Bunka Santo André é maravilhoso!! 

Neste evento sempre encontro um publico com uma energia maravilhosa! O carinho que recebo de todos é excepcional! Quero deixar os meus agradecimentos ao Dalton Bassi e ao Kazumitsu Morikawa pelo convite e recepção e parabenizar a comissão organizadora pelo maravilhoso evento!   Quero também deixar um agradecimento especial ao Art Mizuno pelo presente que amei!! As duas peças de porcelana do Tonari no Totoro! 









Com Kazumitsu Morikawa e Dalton Bassi. 


domingo, 10 de julho de 2016

Brincando de Cantar! Ricardo Nakase - Sakurairo Maukoro (Nakashima Mika)



Olá amigos!! Hoje vou brincar de cantar uma canção da cantora Nakashima Mika! A canção chama-se "Sakurairo Maukoro". O titulo siginifica "Quando as cores das cerejeiras tremulam". Esta canção diz que os sentimentos mudam assim como as fases da cerejeira. 

Sakurairo Maukoro (Tradução)

Quando as cores das cerejeiras tremulam, eu estou sozinha
Continua exausta, eu não posso me libertar desses sentimentos contidos dentro de mim

Quando a cor das novas folhas balança, sentimentos transbordam
Eu perco a vista de tudo e vagueio ao seu redor

As árvores em nossa volta nos falam em silêncio
O que nós dois veríamos:
As pessoas não devem ser limitadas em um só lugar

Quando as murchas folhas mudam de cor, eu estou perto de você
E do mesmo jeito que o passar dos dias acaba, nosso amor muda

Mas por favor, deixe essas árvores
Protegerem esses sentimentos
Silenciosamente murmurando suas folhas sobre nós
Só mais uma vez…

Em breve, as estações vão passar
E nós seremos levados a outro lugar
Mas nesse exato momento, só há uma coisa que eu sei
Me abrace, silenciosamente

Cobertos pela neve, os sentimentos se perdem
As pegadas se apagam, sons desaparecem em vão

Mas por favor, deixe essas árvores
Protegerem esses sentimentos
Pois assim, congelados na eternidade
Nós poderemos viver aqui (nós estaremos vivos aqui)

As árvores em nossa volta nos falam em silêncio
O que nós dois veríamos:
As pessoas não devem ser limitadas em um só lugar

Quando as cores das cerejeiras tremulam, eu estou sozinha
Saboreando minhas lembranças de você

quinta-feira, 7 de julho de 2016

Momento Poesia!



Não sei o que dizer... a vida é cheia de desafios... de dentro da luz e das sombras, sempre renascemos... mesmo quando todas as condições são contrarias... mesmo quando achamos que algo está errado... a nossa mente é cheia de armadilhas... quando achamos que tudo está da forma que deveria ser, perfeita em sua paz, buscamos inconscientemente fechar as portas... será medo da luz do sol? será medo de achar o que tanto procuramos? por quê nunca achamos o equilibrio da paz? será que existe este estado de espirito? talvez não... talvez esse seja o segredo da vida... buscar superação onde ninguém acredite... achar saidas quando a única saída é continuar... mesmo dentro das nuances dos nossos dias, a alegria, a trsiteza, busca seu espaço... mas por quê temos medo da felicidade? por quê é mais fácil enxergar o que é negativo? talvez porque a posição de vitima seja mais confortável do que a posição de causador dos fatos... fugir da responsabilidade de você ser o único responsavel por tudo que acoontece na sua vida é um fardo pesado para os que não tem coragemd e enfrentar a tempestade em busca do sol do dia seguinte... mas como ter um belo jardim sem antes ter preparado a terra? sem ter plantado sementes de alegria? sem passar pela chuva ou pelas ervas daninhas? Dizem que as mais belas flores e as mais duradouras são as que mais demoram para florescerem... mas só dá para saber se experimentarmos passar por todas as etapas da vida... assim como a esperança de construir um belo jardim... tento plantar semesntes... mesmo que o dia ainda esteja nublado... mesmo que o sol machuque os meus olhos... espero um dia poder sentir a paz e a alegria de ter um belo jardim com flores cheias de amor e de esperança... 

By Rick Akio